SESC - Serviço Social do Comércio

4ª edição da Mostra Sentidos: a longevidade na arte reúne processos artísticos virtuais de teatro e dança

14.12.2020

O Dia Internacional do Idoso, conforme data estabelecida pela ONU em 1990, é celebrado em 1º de outubro e busca dar relevo para diversas iniciativas de proteção às pessoas idosas. Por sua vez, o Sesc São Paulo considera a data como oportunidade de fomentar a valorização da cultura da longevidade por meio da fruição artística e de contribuir para a ruptura com os estereótipos e preconceitos relacionados ao envelhecimento.  

É nesta perspectiva que está sendo realizada a 4ª edição da “Mostra Sentidos: a longevidade na arte”. Esta edição reúne processos artísticos virtuais de teatro e dança, coordenados por profissionais das artes cências e com participação virtual dos participantes do Programa Trabalho Social com Idosos das diferentes Unidades do Estado de São Paulo.  

Os processos artísticos foram realizados de outubro a novembro deste ano, e semanalmente os seus desdobramentos e performances serão publicados aqui neste portal e nas redes sociais do Sesc São Paulo (facebook.com/sescspinstagram.com/sescsp e twitter.com/sescsp).

Como primeiro processo a ser publicado, apresentamos a ação “Dar voz ao corpo”, coordenado pela atriz, professora e educadora, Carla Gialluca Hossri, e que teve a participação de idosas e idosos das unidades Osasco, Campinas, São José dos Campos, São Caetano e Pq. Dom Pedro. 

Ao todo, serão oito processos, publicados na playlist abaixo. O primeiro a ser apresentado é “Dar voz ao corpo”, coordenado pela atriz, professora e educadora, Carla Gialluca Hossri, e que teve a participação de idosas e idosos das unidades Osasco, Campinas, São José dos Campos, São Caetano e Pq. Dom Pedro.  

O segundo episódio, como resultado dos processos artísticos, apresenta a ação “A Poesia que me Move”, coordenado pelo Projeto Fio da Meada, com as artistas educadoras Poliana Savegnago e Monalisa Machado, e que teve a participação de idosas e idosos das unidades Catanduva, Carmo, Jundiaí, Bom Retiro e Florêncio de Abreu. 

No dia 23 de dezembro, estará disponível a ação “Pulsares”, coordenada pela pesquisadora e eutonista profissional Andrea Soares, e que teve a participação de idosas e idosos das unidades Itaquera, Taubaté, Registro, Araraquara e Vila Mariana. 

“Danças Brasileiras”, quarto episódio, chega no dia 30 de dezembro e foi coordenado pela dançarina-intérprete, pesquisadora e percussionista Mika Rodrigues, com a participação de idosas e idosos das unidades Belenzinho, Guarulhos, Pinheiros e Santo André. A partir do dia 6 de janeiro, você pode assistir à “Caminho Percorrido”, coordenado pelo escritor, tradutor e diretor José Rubens Fonseca, com idosas e idosos das unidades Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Av. Paulista, Ipiranga e São José do Rio Preto.

No dia 13 de janeiro, será publicada a ação “Uma memória do amanhã ou o mundo na minha pele (num espaço virtual)”, coordenada por Denise Namura e Michael Bugdahn, da Cia À Fleur de Peau, e com a participação de idosas e idosos das unidades Santo Amaro, Piracicaba, Birigui, Interlagos e Santos.

O penúltimo episódio vai ao ar no dia 20 de janeiro. “Sempre em Movimento” foi coordenado pelas dançarinas Monica Monteiro, Duda Braz e Milton Coatti, da São Paulo Companhia de Dança, e teve a participação de idosas e idosos das unidades Bertioga, Campo Limpo, Bauru, 24 de Maio e Santana.

E encerrando, a “Mostra Sentidos: a longevidade na arte”, o último episódio, apresentando o processo artístico “Pequenos Milagres”, coordenado pelo Coletivo Negro e com a participação de idosas e idosos das unidades São Carlos, Pompeia, Sorocaba e Consolação, vai ao ar no dia 27 de janeiro.

Assista: 

Conteúdo relacionado

Utilizamos cookies essenciais, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para personalizar e aprimorar sua experiência neste site. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.