SESC - Serviço Social do Comércio

Cuidar para não cair: meu corpo/casa

22.06.2021

Nos últimos meses temos ficado um período maior em casa e acabamos nos atentando mais a questões como uma maçaneta que há tempos está com problema, ou a uma mancha que apareceu na parede ou nas revistas e livros desorganizados. Esta mesma atenção que damos para onde vivemos também devemos dar ao corpo – afinal, ele é a nossa primeira morada e é importante que também o mantenhamos ativo para enfrentar as tarefas do cotidiano.

Pensado nisso, o Sesc São Paulo destaca, na Semana de Prevenção de Quedas em Pessoas Idosas deste ano, a importância dos cuidados com o corpo e com a casa, os compreendendo como espaços de vida, de segurança e de bem-estar.

Com o tema Cuidar para não cair: meu corpo/casa, as ações, que acontecem de 24 a 30 de junho, digitalmente nas redes das unidades do Sesc, buscam estimular a reflexão sobre a complexidade e a integração entre o corpo biológico e a casa em que vivemos, para que o cuidado com ambos possa contribuir para prevenir as quedas.

Em 2019, as quedas representaram a 3° maior causa de mortalidade entre as pessoas idosas. Desta forma, a Semana de Prevenção de Quedas, realizada pelo Sesc São Paulo, pela Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo e pela Secretária Municipal de Esporte e Lazer de São Paulo, em parceria com o Cri Norte – Centro de Referência do Idoso e a SBGG – Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia, oferece atividades socioeducativas, artísticas e esportivas, destinadas ao entendimento de que as quedas ocorrem por múltiplas causas, incluindo fatores psicológicos e afetivos.

Na medida em que a maior parte das quedas acontece em casa, segundo o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia, estima-se que há uma queda para cada três indivíduos com mais de 65 anos. Os dados apontam ainda que um entre 20 idosos que sofreram uma queda tenha uma fratura ou necessite de internação. Dentre os mais idosos, com 80 anos ou mais, 40% deles caem a cada ano.

Fica, então, o convite para refletrimos sobre a importância de cuidar do corpo/casa de forma multidisciplinar, por meio da valorização da autonomia e do protagonismo das pessoas idosas.

Saiba mais sobre o assunto e confira algumas dicas abaixo:

Conteúdo relacionado

Utilizamos cookies essenciais, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para personalizar e aprimorar sua experiência neste site. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.