SESC - Serviço Social do Comércio

De Cartola a Fugazi, de Clementina a Coltrane: surpreenda-se com as faixas da playlist Paulera!

21.06.2021

Convidamos as pessoas que fazem o Sesc para compartilhar suas trilhas sonoras em curadorias especiais. Desta vez, a playlist do Sesc dedicada aos sons de peso traz a assinatura do colega Ale Amaral*.

Em 1977 Bob Marley grava a canção Punky Reggae Party. No mesmo ano, The Clash lança uma versão de Police and Thieves, do jamaicano Junior Murvin. Bob e Clash unem nesse momento mundos musicais distintos e que influenciariam um zilhão de bandas e artistas.

Alguns anos depois, eu, moleque, escutando pela primeira vez Dead Kennedys, comentei com um amigo: “Caraca, que louco! Uns caras fazendo música punk barulhenta, mas com elementos de jazz”. Surpresa maior foi quando conheci Bad Brains: “Mano, que f* esses rastafaris malucos fazendo um hardcore brutão e uns reggaes mó bonitos”.

O punk/hardcore foi para mim a ponte para começar a escutar bebop e free jazz, e depois para cair nos experimentalismos, na improvisação livre e no noise ‘fritação’, estilos e elementos sonoros que estão em tudo o que faço musicalmente e escuto hoje. 

A princípio tentei fazer uma playlist só com artistas nacionais, mas foi impossível e acabei colocando aqui o que mais me influenciou e influencia até então, musicalmente, politicamente, eticamente e sentimentalmente. Tem de tudo um pouco. E, para mim, há uma conexão, um lugar comum entre Cartola e Fugazi, entre Clementina e Coltrane. Não importa o gênero ou estilo musical: o espírito, a essência, o fazer com o coração é ‘punk’ , no sentido mais amplo, na atitude, nos questionamentos de raça, classe e gênero, e não apenas na sonoridade.

“ (…) eu gostaria que nossas atividades fossem mais sociais e anárquicas.” John Cage, no Livro De Segunda a um Ano.

*Ale Amaral é paulistano, pai da Laura, artista gráfico e atualmente faz parte da equipe de programação musical do Sesc Pompeia. Colabora musicalmente com diversos artistas nacionais da cena experimental e de improvisação. Toca bateria e conduíte na banda Auto, no duo instrumental Bugio e no LAMA, duo de improvisação livre com o clarinetista e percussionista Rogerio Martins.

Escolha sua plataforma e dê o play!

Spotify:

Deezer:

—–

A playlist Paulera! é parte de uma série de curadorias realizadas por pessoas que fazem o Sesc.

Conteúdo relacionado

Utilizamos cookies essenciais, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para personalizar e aprimorar sua experiência neste site. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.