SESC - Serviço Social do Comércio

Mesa Brasil: saiba como doar e tire todas as dúvidas sobre o programa

30.04.2021

foto: Anderson Carvalho

Desde 1994, o Mesa Brasil Sesc atua no combate à fome e ao desperdício de alimentos. De lá pra cá, o programa se espalhou por diversas cidades e estados do país, formando uma grande rede de solidariedade. Neste momento de pandemia e avanço da fome em todo o Brasil, a ação do Mesa se tornou ainda mais urgente.

Cada doação é importante e ajuda a levar comida até a mesa de quem precisa! Quer saber como ajudar? Aqui respondemos 8 dúvidas sobre o Mesa: saiba como doar, quem recebe, as regiões atendidas e muito mais.

1. Como doar?

Basta levar qualquer quantidade de alimentos não-perecíveis até uma unidade do Sesc na capital, grande São Paulo, interior e litoral. Podem ser doados arroz, feijão, leite em pó, óleo, fubá, sardinha em lata, macarrão, molho de tomate, farinha de milho, farinha de mandioca, cestas básicas, entre outros. Consulte os horários aqui.

Se você é proprietário ou trabalha em uma empresa do ramo alimentício (como supermercado, restaurante, padaria, distribuidora, indústria ou central de abastecimento etc) é possível fazer a doação solidária de alimentos, ou ainda destinar produtos que perderam valor comercial, mas continuam adequados para consumo. A equipe do Mesa pode ir até a sua empresa para retirar as doações! Entre em contato aqui.

2. Quem recebe as doações do Mesa Brasil?

Atualmente, cerca de 1150 instituições sociais são atendidas pelo Mesa Brasil no Estado de São Paulo, como abrigos, creches e centros de convivência para idosos. As instituições são cadastradas a partir de critérios rigorosos e acompanhadas pela equipe de nutricionistas do programa. Todas desenvolvem um trabalho assistencial sério e gratuito para a população. Nesse período de pandemia, as instituições que não estão recebendo pessoas presencialmente realizam a distribuição das doações para as famílias atendidas. 

3. Onde o Mesa Brasil atua? 

São 19 unidades do Sesc SP que operam o programa: Campo Limpo, Carmo, Itaquera, Interlagos, Ipiranga, Santo André e Osasco, na Grande São Paulo; Santos, Araraquara, Bauru, Campinas, Jundiaí, Piracicaba, Ribeirão Preto, Rio Preto, São Carlos, São José dos Campos, Sorocaba e Taubaté, no interior e litoral. A partir delas, o programa atende 95 cidades nos arredores, complementando mensalmente a alimentação de 86 mil pessoas nas instituições que preparam e servem refeições, além das 120 mil famílias que levam alimentos para suas casas.
Desde 2003, o programa também está presente em todos os estados do Brasil. Saiba mais sobre a atuação nacional aqui.

Foto: Matheus José Maria

4. Como o Mesa surgiu?

Buscando transformar a questão da fome do Brasil, o Mesa se inspirou em um programa norte-americano. Nos anos 1990, o diretor regional do Sesc São Paulo, Danilo Santos de Miranda, chegou a estagiar como ajudante de motorista na City Harvest de Nova Iorque para entender o processo de recolhimento de comida em restaurantes e sua posterior distribuição a entidades. Foi no Sesc Carmo que a semente do Mesa Brasil foi lançada e, pouco a pouco, se espalhou pelo estado até se tornar um programa permanente com atuação nacional.

5. O que mudou na atuação do Mesa com a pandemia?

Foram estabelecidos diversos protocolos de prevenção à Covid-19. Todos os trabalhadores usam máscara, luvas e aventais e foram treinados para manter o distanciamento, realizar a higienização adequada das mãos, entre outros cuidados. Além disso, o Mesa também passou a receber e distribuir produtos de limpeza e higiene, tão importantes na contenção da pandemia. 

Foto: Carlos Macedo

6. Sou representante de uma instituição social. Posso me candidatar a receber doações?

No momento não estamos cadastrando novas instituições sociais. Mesmo com todo o esforço realizado para captar mais doadores, a procura por alimentos superou a capacidade de atendimento do programa, que depende das doações para atender esta demanda. Para conhecer os critérios de cadastramento e saber quais são as instituições parceiras, acesse mesabrasil.sescsp.org.br/receber

7. Minha família pode receber doações? 

Aqui no estado de São Paulo, o Mesa Brasil não faz doação direta para pessoas físicas. Essa ação é intermediada pelas instituições sociais cadastradas no programa, que recebem e distribuem os alimentos para as famílias atendidas. 

Foto: Carlos Macedo

8. Além de levar os alimentos, o que mais o Mesa faz?

A ação educativa é parte essencial da atuação do programa. Todas as instituições que recebem doações têm acesso a aulas, oficinas e palestras sobre a manipulação e  higienização dos alimentos, montagem de cardápios, o aproveitamento integral de frutas, legumes e verduras, entre outros. Durante a pandemia, as atividades educativas coletivas estão suspensas mas, mesmo à distância, as nutricionistas do programa seguem acompanhando e orientando as equipes das instituições para o melhor uso e aproveitamento das doações.


>> Quer ajudar o Mesa a combater a fome? Doe em sescsp.org.br/doemesabrasil

>>> Saiba mais no site e acompanhe as novidades no Instagram @mesabrasilsescsp

Conteúdo relacionado

Utilizamos cookies essenciais, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para personalizar e aprimorar sua experiência neste site. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.