SESC - Serviço Social do Comércio

Um adeus ao maestro Letieres Leite

27.10.2021

Foto: Raul Lorenzeti

É com imensa tristeza que recebemos a notícia da partida repentina do maestro Letieres Leite. Figura que, seguramente, deixa um legado inestimável para a música popular brasileira.

Nos anos 1970, Letieres estudou Artes Plásticas na UFBA por três anos e, ao mesmo tempo, começou a estudar música como autodidata. Alguns anos mais tarde, após passar por estudos formais em conservatório musical de Viena, o maestro Letieres Leite conheceu de perto a perspectiva musical europeia e logo percebeu que ela não seria suficiente para pensar a música decorrente da diáspora negra. Em sua interpretação, a música afro diaspórica deve ser pensada a partir da leitura de suas claves rítmicas, de seus pulsos e de seus movimentos circulares.

Por isso, a sua música é produzida nas batidas das mãos, dos pés, encontrando as menores porções rítmicas que compõem cada peça musical, primeiro, nos movimentos e sonoridades que vem do corpo. Como dizia Letieres, “É preciso aprender com o corpo”.

Ao longo de sua carreira atuou como produtor e diretor musical de diversos projetos da música popular brasileira e mundial como: Maria Bethânia, Caetano Veloso, Lenine, Gilberto Gil, Alcione, Elza Soares, Toninho Horta, Paulo Moura, Hermeto Pascoal, Ivete Sangalo, Gabi Guedes e Olodum foram alguns nomes nacionais, além de Joshua Redman e Steven Berstein, algumas referências de artistas internacionais. A Rumpilezz, idealizada pelo maestro, tem na discografia os álbuns Letieres Leite & Orkestra Rumpilezz (2009) e A Saga da Travessia (2016). Este último, lançado pelo Selo Sesc, ganhou três categorias no Prêmio da Música Brasileira de 2017 (sendo o maior ganhador da noite com 3 prêmios): Melhor Arranjador, Melhor Álbum Instrumental e Melhor Grupo Instrumental.

A partir de amanhã, sempre às 16h, publicaremos as videoaulas do curso Universo Percussivo Baiano, produzido por Letieres Leite para o Sesc Jazz. Oportunidade para conhecer um pouco mais sobre as raízes ancestrais da música baiana. As aulas acontecem no canal do YouTube do Centro de Música Sesc.

Estendemos nossa solidariedade aos amigos e familiares.

Conteúdo relacionado

Utilizamos cookies essenciais, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para personalizar e aprimorar sua experiência neste site. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.